REDES SOCIAIS

  • Branca Ícone Instagram

HORÁRIOS 

Segunda - Sexta:

8:00 – 12:00 | 13:30 - 18:00

ENDEREÇO

Rua Bento Gonçalves, 801, Consultório 308

Centro, Lajeado - RS, 95900-026

Tel: (51) 3011-0909

CÂNCER DE PELE E CIRURGIA PLÁSTICA RECONSTRUTIVA DE FACE

A neoplasia maligna da pele é a mais comum do organismo humano.

 

A cirurgia para câncer de pele da face e região cervical é, muitas vezes, simples, com retirada completa da lesão e fechamento da ferida operatória. Essa cirurgia pode ser realizada ambulatorialmente, com anestesia local, onde os riscos da cirurgia são os mesmos de qualquer outro procedimento, como infecção e abertura dos pontos.

 

Em alguns casos a cirurgia necessita ser ampliada, com uma ressecção maior da lesão e reconstrução da área operada.

 

O câncer de pele é mais prevalente em áreas expostas do corpo, pois a incidência dos raios solares é maior. Nesse sentido, o pescoço e face são os locais comuns de ocorrência dessa patologia. A cirurgia plástica reconstrutiva da face é parte do conhecimento do cirurgião de cabeça e pescoço, que visa retirar toda a doença, mas deve reduzir o dano estético causado pelo próprio procedimento.

 

Atualmente, uma vasta gama de procedimentos reconstrutivos são descritos. Não existe uma regra matemática para todos os casos. O cirurgião de Cabeça e Pescoço deve possuir o conhecimento técnico de todas as possibilidades de reconstrução para tratar individualmente cada paciente.

 

Mesmo assim, defeitos estéticos são considerados um risco da cirurgia, principalmente nas lesões maiores ou em áreas como nariz, pálpebras e orelhas. Nesses casos, a perda do retalho ou enxerto também pode ocorrer.

 

Muitos médicos realizam cirurgias para câncer de pele, mas a avaliação apropriada de um especialista tanto em oncologia quanto em cirurgia reconstrutiva é fundamental. Às vezes, uma doença que parece simples inicialmente, se não bem manejada, pode se tornar um desafio.